http://www.sdtibm.cv/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/1483511.jpg http://www.sdtibm.cv/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/5328002.jpg http://www.sdtibm.cv/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/9543243.jpg http://www.sdtibm.cv/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/2672794.jpg http://www.sdtibm.cv/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/5706125.jpg http://www.sdtibm.cv/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/5637346.jpg http://www.sdtibm.cv/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/6213337.jpg http://www.sdtibm.cv/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/6028008.jpg http://www.sdtibm.cv/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/9125619.jpg
Português (Brasil)English (United Kingdom)
M - Telecomunicações

Telecomunicações - O traçado das redes primárias de comunicações que se apresenta em conjunto com o da rede primária de distribuição de energia, prevê um curso subterrâneo, acompanhando a rede de vias – via estruturante, ligações e via primária – e seguindo o mesmo critério de não atravessamento dos leitos das ribeiras. Admitindo-se que numa primeira fase as comunicações possam ser asseguradas por via GSM, haverá que prever a instalação de condutas dedicadas para a instalação futura de cablagens apropriadas, admitindo diferentes alternativas desde os cabos co-axiais aos cabos em fibra óptica.

 

Contactos

Tel:  +238 251 9200

Fax: +238 251 1615

info@sdtibm.cv

Comunicações SDTIBM