http://www.sdtibm.cv/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/1483511.jpg http://www.sdtibm.cv/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/5328002.jpg http://www.sdtibm.cv/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/9543243.jpg http://www.sdtibm.cv/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/2672794.jpg http://www.sdtibm.cv/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/5706125.jpg http://www.sdtibm.cv/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/5637346.jpg http://www.sdtibm.cv/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/6213337.jpg http://www.sdtibm.cv/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/6028008.jpg http://www.sdtibm.cv/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/9125619.jpg

Boa Vista - Acessibilidades

Expansão Aeroporto Internacional.

Português (Brasil)English (United Kingdom)
BV - Acessibilidades

Acessibilidades externas - Considerada uma das joias joias do arquipelago, portadora de um enorme potencial de desenvolvimento turístico, a ilha da Boa Vista está a conhecer uma dinâmica económica invejável graças ao investimento na indústria hoteleira e no negócio das viagens turísticas. A existência de um aeroporto internacional foi identificada como condição essencial para a viabilização do desenvolvimento sustentado da ilha.

O projecto de construção do Aeroporto da Boa Vista começou a ganhar corpo em 2003 e desde cedo adoptou-se o principio de aproveitamento das infra-estruturas e facilidades aeroportuárias existentes, em vez do comprometimento com um projecto aeroportuário de raiz, que é considerado muito exigente em termos de investimentos financeiros e recursos do solo. Assim, a extensão das infraestruturas do aerodromode Rabild foi considerada como o melhor cenário de desenvolvimento a longo prazo em termos de capacidade e impacto ambiental.

Neste contexto, foi projectado e construído o Aeroporto Internacional da Boa Vista, cujo modelo se baseia num crescimento em 4 fases até ao ano 2023, em função da demanda eda dinâmica da ilha.

As obras da 1ª fase, no valor de 21 milhões de euros, tiveram início em Janeiro de 2005, consistindo nas seguintes acções:reforço do pavimento da pista existente;extensão da pista de 1.200 para 2.100 metros e alargamento de 30 para 45 metros;construção de uma nova plataforma de estacionamento de aeronaves e respectivo caminho de circulação e área de manobra, com base numa aeronave crítica de referência 4D;construção de um terminal de passageiros e respectivas facilidades; construção de uma Torre de Controlo;construção de instalações para equipamentos e viaturas de combate ao incêndio, socorro e salvamento;aquisição e instalação de uma estação meteorológica automática;realinhamento da estrada Rabil-Sal Rei;alterações na configuração da rede de segurança do perímetro aeroportuário;aquisição de equipamentos aeroportuários diversos.
 

Concluídas as obras, o Aeroporto Internacional da Boa Vista, classe 4D,  foi inaugurado a 31 de Outubro de 2007 pelo Primeiro-Ministro José Maria Neves.

Acessibilidades internas - O plano de desenvolvimento turístico da Ilha da Boa Vista obriga a necessidade de dotar a ilha de uma via rápida que possa assegurar a ligação entte ligação directa entre o Aeroporto e as três ZDTIs e, por outro, uma ligação directa entre a Vila de Sal- Rei, o Aeroporto, o Porto, Rabil e a Povoação Velha, o que permitirá descongestionar a via actual de acesso a Sal-Rei.

Previu-se assim a construção faseada da Via estruturante da Boa Vista, estrutura rodoviária de cariz nacional, classificada dentro das denominadas “estradas de faixas separadas” e constituída por duas faixas de rodagem em cada sentido e quatro vias. O seu traçado tem início numa intersecção que dá acesso ao Aeroporto Internacional da Boa Vista (Intersecção Aeroporto) até outra intersecção que dará acesso à Urbanização de Lacacão (Intersecção Lacacão), uma das maiores urbanizações jamais construída em Cabo Verde. Para além daquelas duas intersecções foram projectadas outras duas que darão acesso à Povoação Velha/Morro de Areia (Intersecção Povoação Velha) e a Santa Mónica (Intersecção Santa Mónica).

A extensão do traçado da Via Estruturante da Boa Vista, desde o final da Intersecção do Aeroporto até o início da Intersecção de Lacacão é de 17,7metros, distribuídos da seguinte forma:

  • TRAMO I com 5.858 metros de comprimento, desde o final da intersecção do aeroporto até o inicio da intersecção de Povoação Velha;
  • TRAMO II com 6.957 metros de comprimento, desde o final da intercepção Povoação Velha até o inicio da intersecção de Santa Mónica;
  • TRAMO III com 4.047. metros de cumprimento, desde o final da Intersecção de Santa Mónica até o inicio da Intersecção de Lacacão.

Os trabalhos de construção da primeira fase da Via Estruturante da Boa Vista, foram concluidos em Maio de 2011 e contemplaram a construção dos TRAMOS II e III , incluindo as rotundas de Povoação Velha, Santa Mónica e Lacacão, num total de 11,8 km.

 

Contactos

Tel:  +238 251 9200

Fax: +238 251 1615

info@sdtibm.cv

Comunicações SDTIBM